10/10/2015

Diario da Katie

Rio de janeiro, 02 de agosto de 2000

Noah me ligou, estava preocupado, problema na faculdade e no trabalho. Fui pra casa dele, conversamos, jantamos, bebemos um vinho, ele estava sozinho em casa. Fiquei um pouco alegre com o vinho, ele ria, nos beijamos e a paixão não pode ser contida, subimos para seu quarto e nos amamos perdidamente, insaciavelmente. Foi divino ele foi super romântico, delicado e gentil pois sabia que era inexperiente, eu amei cada segundo, o corpo dele suado em cima do meu...
Ah diário, não há palavras para explicar o que senti.