21/10/2013

Eu sigo


Pensar em ti por horas e horas,
Sonhar com o dia em que estaremos juntos.
Desejar que fosse mais que um sonho.
Ouvir sua voz sussurrar em meus ouvidos,
Com todo o êxtase do momento.
Sem pensar no depois, consequências, danos.
Mas como evitar esse sentimento?
Como não ser arrebatada pela paixão?
Pensar que sou apenas mais uma ajudaria?
Com certeza não.
Eu sei bem que não passo de um passatempo, descontração de fim de noite.
Talvez até por teres sido sincero comigo, eu tenha ficado mais encantada.
Afinal todos os outros sempre tentaram me iludir.
Você é o único verdadeiro comigo.
Sei bem como és, o quanto de verdades me diz, como agir...
Eu aprendi na prática a ser mais misteriosa e moleca.
Você ensinou-me tanto em tão pouco tempo.
Viveu em mim por meses, fora de mim um século.
Menino, moleque, homem, amante...
Hoje penso o que seria de mim se não fosse aquela época.
Como eu estaria vivendo?
Ainda acreditando que a vida seria cor de rosa.
Sabe; eu vivi intensamente cada minuto daqueles dias, sabendo que poderia ser o último,
certa que no dia seguinte acabaria, que nunca mais apareceria.
E assim foi, tudo um sonho, doce sonho de uma menina que cresceu em seus braços.
Que sentiu emoções nunca antes vividas.
Que presenciou euforias, loucuras, insônias, desejos, ardores.
Que brigou, chorou, tocou, abraçou, beijou e se entregou sem medo, reservas, pudores.
Obrigada por ter sido você.
Canalha, sincero, aproveitador, safado, menino, medroso, amante..
Foi assim que eu admirei cada minuto.
E assim eu ainda lembro e penso em cada detalhe.
Eu sigo trilhando aquele nosso caminho, agora sozinha... 
Mas sigo

By Lilyth?